A importância do treinamento de força na terceira idade

A importância do treinamento de força na terceira idade

9 de janeiro de 2020 0 Por speedfitnessbauru

Se assumimos como verdadeira a afirmação de que algumas das perdas fisiológicas com a idade podem ser explicadas através de processos associados, pode-se sugerir que intervenções corretivas adequadamente planejadas, tais como os programas de exercício, podem prevenir algumas das perdas e podem auxiliar na recuperação da capacidade funcional no idoso.

As adaptações fisiológicas e os benefícios do ponto de vista funcional do treinamento de força dos músculos dos membros inferiores e efeitos do treinamento de força nos músculos dos membros superiores. O modelo de exercícios progressivos contra resistência, que requerem uma mudança progressiva (semanal) na carga de treinamento para fazer frente aos ganhos obtidos durante as sessões precedentes.

O propósito dessa abordagem é de manter o estímulo de treinamento constante, o treinamento de força preserva a densidade óssea à medida que aumentam a massa e a força musculares, bem como o equilíbrio em mulheres pós-menopausa. Estas observações revestem-se de relevância clínica particular, dada a alta incidência de quedas na terceira idade, com a morbidade e mortalidade associadas.

Os aumentos relativos de força são maiores do que os aumentos das dimensões dos músculos, o que sugere um efeito importante nos componentes neurais do sistema neuromuscular. A natureza destas adaptações neurais não é clara, mas adaptações da velocidade de condução neural, dos reflexos medulares, da ativação e da sincronização das unidades motoras e dos processos cognitivos e de aprendizado centrais são fatores que podem contribuir.

Fonte http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86921997000300003&fbclid=IwAR0Ze6JBDtEMtsQ_4XjXC6GZ9KJtZ4tXu5PHlQKw6XBu94DsDj7NWYf8ih0

Photo by Foto Garage AG on Unsplash